domingo, 18 de fevereiro de 2018

COMO ESCREVER UM TEXTO DE QUALIDADE?

Imagem: Svet2828448
Olá, pessoal!

Com o avanço da tecnologia globalizada, o número de informações dinâmicas cresce de forma exponencial e somos envolvidos de tal forma que, em dado momento de nossa existência, alguns valores despertam vontades que até então, encontravam-se adormecidas, porém, em algum minuto, surge àquela humilde ou simples ideia de escrever, produzir um texto e divulgá-lo. Mas, não desejamos um monobloco de palavras evasivas, e sim; um conjunto de palavras harmoniosas, temperadas, coerentes e, claro, compatível com o tema e, que possam encantar qualquer pessoa que decida mergulhar no oceano desta sublime criação, ou melhor, minha ou sua criação. Em outras palavras: é a incansável jornada de aventuras pelo universo das palavras.
Então, me acompanhe nesta busca e desvende alguns desses segredos!


O início

Imagem: Erbs55

Gente, eu até poderia nomear o título como “As três ou cinco dicas quentes para escrita de qualidade” ou “Os sete segredos da escrita” e por aí segue uma sequência de inspirações, entretanto, preferi “COMO ESCREVER UM TEXTO DE QUALIDADE?” pela praticidade e objetividade desta publicação em si.
O meu objetivo é referenciar, nortear sua jornada, sua aventura; sem aprofundar-nos nas técnicas mais apuradas deste enredo.
Para inicio de conversa, você deve adquirir o hábito de ler. Leia diariamente. Deguste textos simples e complexos sobre temas variados; livros..., livros e mais livros; artigos em geral etc. Estabeleça metas de leitura ao longo de seis meses — sugestão: três livros por semestre.
Sempre que possível, estude ou revise o uso de verbos, acentuação, regência, concordância, ortografia, ou seja, tenha consigo um bom livro de gramática da língua portuguesa. Programe-se, organize-se com os horários disponíveis em seu dia a dia.

O poder da vontade

Imagem: rawenergy

Ora, sem entrar no mérito psicológico ou definições deste poder, sabemos que, tanto na teoria quanto na prática, inúmeras pessoas já experimentaram tal manifestação, e por quê? Vamos, reflita! Pense nisso!
Quantas vezes, durante sua vida, você se dedicou para uma prova, um concurso ou vestibular?
O seu “querer” transmitiu este poder. Logo, o desejo de transferir para o papel ou computador a ideia criativa que sua mente elaborou, possui a mesma similaridade, entretanto existem regras e técnicas a serem aprendidas, desenvolvidas e praticadas, porém, você tem que ter embasamento, e só após isso, treinar.
Agora, deixo uma dica valiosa por experiência própria: leia um artigo e faça um resumo. Leia-o, releia-o e deixe-o de molho. Isto é, releia-o algumas horas depois ou no outro dia. Você observará algumas diferenças quanto ao resultado final. Você detectará alguns erros que durante a escrita não percebera.

Pesquisar

Imagem StockSnap

Bem, passamos pelo preparo, pela dedicação e esforço, agora, é estabelecer o referencial, ou melhor, a escolha do tema.
Você deve planejar sobre qual assunto ou tema que irá abordar. Podem ser viagens, moda, pet, praias, eventos, literatura, exposições, shows etc. Existem muitas opções de estudos e pesquisas. Então, defina o tema. Feita a escolha, comece. Mergulhe na essência do conteúdo e retire tudo que você achar interessante, todavia, tenha atenção num detalhe: leia “DIREITOS AUTORAIS - PLÁGIO É CRIME!”.
Nesta etapa, você já tem o esqueleto, a estrutura do seu texto. Então, é hora de colocar a mão na massa. Neste momento, sugiro um dicionário para evitar palavras repetidas fora de harmonia contextual, afinal, a leitura do texto deve ofertar uma cadência melodiosa. É muito importante manter um padrão de formatação, fontes, espaçamentos e outras ferramentas disponíveis aplicáveis ao texto, afinal, você está diante do espelho e questiona: “como escrever um texto de qualidade?”.

Conclusão

Espero que as sugestões fornecidas despertem inspirações criativas para produção de textos de qualidade. É óbvio, na medida em que você transfere este hábito para o seu dia a dia, suas habilidades serão envolvidas num propósito maior e o resultado será satisfatório, afinal, o clichê "treinar, treinar e treinar para obter melhores resultados" já ultrapassou um século e ainda mantém-se vivo nas mentes que buscam a perfeição.

Imagem Geralt



Ah, não esqueçam: comentem, compartilhem e divulguem!

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

RESENHA LIVRO / EBOOK - O MENSAGEIRO

Olá, pessoal!
É com imensa alegria que divulgo mais uma resenha que a obra literária "O Mensageiro" recebeu.
Sinceros agradecimentos à equipe do Blog 1001nuccias.blogspot.com.br 





Já disponível na Amazon - Ebook e na LIVRARIA BEM-TE-LI - Físico / Ebook


quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

Ah, um mero talvez!

Um mero talvez
Que iluda minha ansiedade
Que forneça o tom da esperança  
Que silencie os gritos de minh’alma
Que solidifique a base da segurança.

Talvez, ao ouvir um mero talvez;
Não deteriore um futuro
Um futuro incerto ou magistral
Quem vai lá saber?
Talvez eu, talvez você ou a terceira pessoa;
E quem vai lá saber?

Talvez a forma geométrica de curvas defina
Talvez um traçado retilíneo pontue
Bem, talvez o futuro dependa da direção presente;
Talvez um presente, consistente ou inconsistente;
Defina a trajetória reta ou curva
E se for...
Quem vai lá saber?
Talvez eu, talvez você ou a terceira pessoa;
E quem vai lá saber?




Texto: Roberto Mello

Imagem: ElisaRiva

sábado, 21 de outubro de 2017

Seja Você!

 Harmonize-se com palavras e textos poéticos
Que transmutam sentimentos ilícitos
Que enobrecem o paradigma humano
Que unificam o dorso ecossistêmico
E que invalidam ações tenebrosas.

Harmonize-se com o seu Eu puro
Que rompe o elo obscuro
Que ilumina a bruma silenciosa
E que ensina a mente ociosa.

Harmonize-se com o Sopro Vital
Inale a fragrância suave
Permita-se ao novo alvorecer
Permita-se ser você.

Seja sem preocupação ou desilusão
Seja sem angústias ou ansiedades
Seja sua própria natureza divina;
Humildemente e verdadeiramente
Seja você!



Texto: Roberto Mello

Imagem: Wikilmages

domingo, 15 de outubro de 2017

Queimadas

Ouvi o clamor da terra

Senti o odor de longínquas queimadas

Gritos atônitos transpassaram léguas

E que ecoaram por tamanho desespero. 


Filhotes ao ninho sem recurso

Restando-lhes apenas o segundo vindouro,

Que durante a ciranda das labaredas

Elas, sem piedade;

Encerram – prematuramente - o canto mágico,

Ou o uivo colossal,

Ou o ciclo da essência vital. 


Ouvi o clamor da terra

Ouvi a insensatez mundana

Ouvi histórias de futuro promissor

Embasados pela melodia fúnebre

Sem misericórdia daquela dor.


 Lembrem-se:
Diante de uma possível resposta

O equilíbrio natural acontecerá

E você sentirá as mesmas dores e aflições. 


Diante da força da natureza
Não há logística quanto à prevenção ou combate;

Não há soberania humana;

Ela, a natureza, é suprema!



Imagem: bbAAer

domingo, 3 de setembro de 2017

Reflexão

Terras matreiras
Equações sociais mal resolvidas
Igualdades que coexistem nas teorias
Blasfêmias insanas que vagam pelo ar
E que mutilam pessoas
E que transfiguram esperanças
E que transgridem o equilíbrio
Pelo próprio “Eu”.

Terras matreiras
Que transbordam incógnitas
Que disfarçam desigualdades
Que ocultam verdades
Que oferecem eventos sociais
Que oferecem iscas
Pelo próprio deleite.

É o jogo “dominador e dominado”
É o cassino “roleta e apostador”
É a selva “caça e caçador”.

E no social, o povo clama, chora, implora;
Passado, presente e futuro;
É a mesma história.




Autor: Roberto Mello
Imagem: cocoparisienne

sábado, 8 de julho de 2017

Sinopse do Amor

1 dia reinventei e decidi conjugar o verbo amar

2 momentos aconteceram que entristeceram meu coração

3 vezes ao dia pranteei por horas pela intensa solidão

4 primaveras tamponaram o direito de desejar e versejar

5 verões decidi esquecer. E viajei, e excursionei por veleiros;

6 instantes durante o passeio pela imensidão daquele mar, não entendi o bramar do revolto vento;

7 argumentos, em segundos, pairaram à mente, os quais agrediam como arqueiros

8 flechas penetraram à minha alma desejosas de um mortal intento

9 tentativas realizadas para calar, sufocar o desejo de amar

10 sorrisos encantadores, após longos anos, estremeceram meu corpo;

11 pares de olhares renovaram meu sentimento e a paz cintilou

12 meses após ter escolhido você percebi que nunca estive morto.

Enfim, hoje somos a perfeita manifestação ou a manifestação perfeita?



Texto: Roberto Mello
Imagem: yatheesh_

terça-feira, 23 de maio de 2017

Brisa Silenciosa

Oh, brisa silenciosa e enigmática;
Que até envolve este fútil corpo, mas não minha alma;
Que desdenha meus profundos desejos
Que não embala e não acalenta os anseios.

Mergulhas a sombra nefasta, sombria;
Não arrefece o pesar desta nostálgica saudade
Dispa-me aos pés da incólume aflição
E mesmo assim, sou passageiro com emoção.

Brisa silenciosa da neblina escura
Quanto às lembranças tempestivas e áridas
Leve-as, tal qual a leve bruma – suave e pura.

Brisa silenciosa de neblinas ávidas
Respeite as dores vindas do açoite sem candura;
E assim, tais emoções tornem-se cálidas.


Autor: Roberto Mello
Imagem: cocoparisienne

sábado, 13 de maio de 2017

Inenarrável

Penumbra que rasga alguma nuance de esperança
E que rasga, e que a dilacera em infinitos fragmentos,
Os imensuráveis registros, mas não esquecidos,
Em uma gaveta chamada de saudosas lembranças.

Tantas lembranças de tempos de outrora
Que a aurora intocável adornava a crença infantil
Com sua maestria embalava cada segundo da hora
Através de anseios, esperanças e quimeras mil.

A penumbra se fez assídua leitora destes registros
Até questionou alguns instantes do teu crescer
Mas, teu olhar não permitiu a possíveis sinistros;
E o orvalho se fez testemunha do diário alvorecer.

E assim... O dito pelo não dito;

A esperança tornou-se reflexiva diante da penumbra
A aurora bajulou, serenamente, a angústia indomável;
O orvalho desenhou uma paisagem que deslumbra
Que na consciência; a lembrança é de valor inenarrável.


Autor: Roberto Mello
Imagem: panimo

domingo, 2 de abril de 2017

Rio de Janeiro - Cidade Maravilhosa

Quanto às belas paisagens naturais dedilhadas pelo Grande Criador, sem dúvida.

Quanto ao povo carioca, sabemos que são trabalhadores, criativos, carismáticos, receptivos, guerreiros e festeiros. E estes atributos despertam, e muito, o interesse nacional e internacional pela cidade.

Quanto ao “Tendão de Aquiles” do Rio de Janeiro, aí é complicado falar.

A “Cidade Maravilhosa”, pra quem não sabe, convive com dores intensas no Tendão de Aquiles chamado “Golias”. E vocês sabem o que significa “Golias”?

domingo, 12 de março de 2017

SEGREDOS DO SILÊNCIO

À noite, ou melhor, ao repouso do crepúsculo,
Mergulho até encontrar minha janela secreta ao mundo.