quarta-feira, 30 de maio de 2018

Verba Intocável

Imagem: 3dman_eu

Aqui ou em outras plataformas encontramos infinitas ironias, brincadeiras e até mesmo opiniões sobre políticas públicas ou partidárias que são ventiladas pela doutrina de partidos ou lançadas - como confetes - pela mídia, entretanto, no momento atual e numa projeção futura de 20 anos, realizar ou idealizar uma verdadeira sangria de um fruto podre que remonta à era pós-getuliana é impossível. 

Ora, sabemos que os dois pilares essenciais de uma nação são educação e saúde, logo, não há política séria com aqueles que foram eleitos pelo povo.

O nosso atual sistema e todas as possíveis ramificações encontram-se totalmente falidos.


Texto: Verba Intocável / Imagem sou_dai 


Isto lembra muito bem o filme "Tropa de Elite 2": Quem puxa o gatilho da corrupção em todas as suas derivações? Quem facilita ou viabiliza o empobrecimento do sistema de saúde e educação com os sucessivos cortes de verbas? Quem cria atalhos ou facilita - com amparo legal - a insegurança e a instabilidade econômica que assola o brasileiro? Quem propaga alianças em prol da carteirinha que viabiliza constantes viagens dos integrantes do clube do bolinha? 

Mas, mesmo nas crises econômicas, escolas danificadas, professores mal remunerados, várias profissões achatadas e rechaçadas, hospitais públicos que pedem socorro desde a década de 70 e outras agressões à sociedade brasileira, a verba destinada para as campanhas eleitorais dos partidos permanecem intocáveis.

E assim caminha O POVO BRASILEIRO.


Texto: Verba Intocável / Imagem: Rani_Ramli