domingo, 18 de fevereiro de 2018

COMO ESCREVER UM TEXTO DE QUALIDADE?

Olá, pessoal!

É impossível negar que a tecnologia globalizada promove um crescimento dinâmico à luz do conhecimento e cultura através de publicações — principalmente BLOG POSTS.

Ora, a primeira pergunta que vem à mente é: “como escrever um texto de qualidade”? — Xi, aí complica!

Bem, para os calouros de blogs ou redes sociais, sabemos o quão difícil é produzir conteúdo — é óbvio que, esta afirmação não se resume apenas aos iniciantes.

Em certo momento de nossa existência, alguns valores despertam a simples ideia em escrever sobre determinado assunto e divulgá-lo. Mas, não desejamos um monobloco de palavras evasivas, e sim; um conjunto de vocábulos e frases harmoniosas.

De forma geral, idealiza-se uma transcrição que possa encantar e influenciar qualquer pessoa a mergulhar no oceano desta sublime criação. Então, me acompanhe nesta busca e desvende alguns desses segredos.

A jornada


Eu até poderia nomear o título como “As três ou cinco dicas quentes para escrita de qualidade” ou “Os sete segredos da escrita” e por aí segue uma sequência de inspirações, entretanto, preferi “como escrever um texto de qualidade?" pela praticidade e objetividade da publicação em si.

O objetivo desta postagem é referenciar, nortear sua trajetória, sua aventura; sem aprofundar-nos nas técnicas mais apuradas deste enredo ou sobre gramática da língua portuguesa.

Vamos começar?

Para inicio de conversa, você deve adquirir o hábito de leitura. Leia diariamente. Deguste artigos, narrativas simples e complexas sobre temas variados; livros..., livros e mais livros, etc.

A leitura, o aprendizado, o conhecimento é embasado em promulgações com referências. Sendo assim, para conhecer mais sobre “comunicação” indico o “ManualEstratégico de Comunicação Empresarial/Organizacional” da autora Shirley Cavalcanti.




Sempre que possível, estude ou revise o uso de verbos, acentuação, regência, concordância, ortografia, ou seja, tenha consigo um bom livro de gramática da língua portuguesa. Programe-se, organize-se com seus horários.

Outra dica:

Leia um artigo e faça um resumo. Leia-o, releia-o e deixe-o de molho. Isto é, releia-o algumas horas depois ou no outro dia. Você observará algumas diferenças quanto ao resultado final. Você detectará erros que durante o processo de criação não percebera.

Bem, passamos pelo preparo, pela dedicação e esforço, agora, é estabelecer o referencial, ou melhor, a escolha do tema.

Você deve planejar o mote que irá abordar. Podem ser viagens, moda, animais, praias, eventos, literatura, saúde, finanças, exposições, shows, etc.

Existem muitas opções de estudos e pesquisas. Então, defina a matéria e faça um planejamento — especifique detalhes que irá abordar. Mergulhe em sua essência e retire tudo que você achar interessante, todavia, tenha atenção num detalhe: leia “Direitos Autorais - Plágio é Crime!”.

Nesta etapa, você já tem o esqueleto, a estrutura do roteiro. É hora de colocar a mão na massa. Sugiro um dicionário para evitar palavras repetidas ou fora de harmonia contextual.

Ah, não esqueça que a leitura deve ofertar uma cadência sonora.

Para concluir esta pequena exposição, é importante manter um padrão de formatação, fontes, espaçamentos e outras ferramentas disponíveis, afinal, você está diante do espelho e questiona: “como escrever um texto de qualidade”?

Espero que essas sugestões despertem inspirações criativas. É óbvio, na medida em que você transfere este hábito para o seu dia a dia, suas habilidades serão envolvidas num propósito maior e o resultado será satisfatório.

Se você achou a matéria interessante, deixe seu comentário e compartilhe. 


Imagem: rawenergy