sexta-feira, 22 de abril de 2016

E fui feliz

E naqueles dias...
Brinquei junto à estrada de terra batida
Ao centro daquele caminho
O capim dividiu algumas idas e vindas
E fui feliz
Naquela feliz era.

Ao anoitecer
Os lampiões acordavam
Os fogões dilaceravam suas lenhas
E no alpendre
Segredos desnudados pela lanterna da lua
Permitiram a minha inocente alma
Vislumbrar tua verdade nua.

E fui feliz
Naquela feliz era.


Texto: Roberto Mello
Imagem: Antranias

terça-feira, 19 de abril de 2016

Lágrimas

Um dia
Acordei em prantos.
Sufoquei!
Algumas exasperaram minha face
E adentraram pela garganta
E covardemente
Elas suprimiram minha alegria
E assim
Naquele dia
Apenas sonhos
Contemplados pelo sorriso ignóbil de uma ironia.


Texto: Roberto Mello
Imagem: Mystic Sartdesign